sábado, novembro 18, 2006

Impossível?

Dá-me a tua mão
e vamos juntos passear um elefante azul que voa.
É impossível.
Pois, mas habituei-me a saborear o impossível
como se fosse um rebuçado com sabor doce e
verdadeiro.
Não sei.
Sabes sim. Enquanto conseguirmos imaginar que o que não é pode ser e depois um dia é
o elefante azul vai existir
porque pensamos nele
e um pensamento que se pensa é uma visita que chegou de viagem
e fica um tempo antes de partir.

Acreditas?
Tenho a certeza.
O contrário é não existirem elefantes azuis no ar
(e nisso eu não consigo acreditar.)

.

4 comentários:

Prof. Teresa disse...

lindo! Adorei!

Beijinhos

3za disse...

:)

imaz disse...

Enquanto tivermos um elefante azul a voar tudo se aguentará... o pior será nem o condeguir imaginar...
Gostei imenso.

3za disse...

Espero que esse dia não chegue nunca! Bjs às duas