segunda-feira, dezembro 25, 2006

Umas vezes

Umas vezes doce
outras salgado.
Umas vezes sem sabor
outras condimentado.
Umas vezes assim
outras assado.
Umas vezes escuro
outras iluminado.
Umas vezes canção
outras fado.

Umas vezes o tanto que falta
outras o que já foi caminhado.



http://www.vladstudio.com/

2 comentários:

Tit disse...

Lindo poema, Teresa.
Um Feliz Ano Novo. :)

3za disse...

Feliz Ano Novo para ti!
Beijinhos :)