sábado, dezembro 16, 2006

Sandalinhas

Foi preciso abandonar as sandalinhas de cristal
esquecê-las num desenho antigo
cortar esta ou aquela amarra
deixar de contar com a fada
acolher a palavra surpresa
não me esconder da cor
aceitar sabor diferente
para quase quase
conseguir ser
esboço de
princesa.


Rita Oliveira Dias


http://geladodegroselha.blogspot.com/2006/05/27-sandalinhas.html





2 comentários:

Teresa Lopes disse...

Este teu poema, 3za, de tão suave e doce, que me fez subir duas lágrimas...
Bem hajas!

3za disse...

Obrigada Amiga... Vocês são fonte de inspiração por conta de tanto carinho que oferecem... beijinho