sexta-feira, outubro 24, 2008

Distância

Não são as sereias
chamando lá longe
à distância de um mar

É esse silêncio
esse azul sem espuma
piano sem mão
que
mesmo assim distante
eu ouço tocar.



7 comentários:

Juliette disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Juliette disse...

Eu estava com saudade, todo dia abria o meu link nos favoritos para ter o deleite de ler o q tu escreves, e hj recebi esse presente, sou tua fã!
Obrigada!
Ludimila =)

3za disse...

Ohhhh! Obrigada por tanto carinho! O Vladstudio também tem produzido pouco... logo que apareceu este... inspirei-me!!! Bem precisava de "poemar" um 'cadinho... :)
Beijinho

vaandando disse...

EU JÁ ESTAVA TAMBÉM COM SAUDADES, MAS EIS QUE ENCONTRO UM BELO POEMA ... ABRAÇO AMIGO
___________ JRMarto

3za disse...

:)Obrigada!
Abraço

izzie_tisha disse...

Obrigada por esta obra, este pensamento que pa mim representa tantos sentimentos, tantas memórias. Vou passar a visitar-te mais. Quem sabe não inspires mais a minha ode a pensamentos passados*

3za disse...

Obrigada pelo carinho e visita! Volta sempre! Beijinho