quinta-feira, junho 26, 2008

Seria...

Se eu fosse uma cor, seria da cor de voar.
Se eu fosse um animal, seria um animal de partir.
Se eu fosse uma coisa, seria uma coisa qualquer
leve.
Se eu fosse um azul, seria alto chapéu-de-chuva
sem tecto.
Seria sempre o teu sonho no ar.
Seria sempre o que há-de vir.
Seria pena na tua asa... haverias de me escrever
breve
suave.

Longe
caminho
estrela
doce
afecto.

Seria.


4 comentários:

Anónimo disse...

Ah , se eu fosse....
Grande a poeta, grande....
um beijo!
JRMarto( JRM )

3za disse...

:) coro...
Obrigada!

Ludimila disse...

Maravilhoso =)

3za disse...

:) Obrigada pelo carinho...