quinta-feira, outubro 25, 2007

Ferramenta de mim?

Sou quem quero
escrevo o texto da fala
falo o texto da escrita
se quiser
pinto a cor que apetece agora
e depois
despinto, repinto
noutra hora
e corto, recorto
não me importo
aumento, reduzo
amplio-me no pormenor
afasto-me se me souber de cor
desloco-me, enquadro-me
distorço, endireito
mudar é bom
de preceito, de forma, de tom.

Ferramenta de mim
exactamente assim.


Sou quem quero
quero quem sou
e nunca deixar de me ver
ou ficar invisível
mesmo que imagine
que alguém me apagou.


2 comentários:

Miguel Pinto disse...

Ferramenta de mim!

3za disse...

:)