quarta-feira, agosto 29, 2007

Um não sei quê

Há nesta nossa espécie de leve leveza
um não sei quê de algodão
de aragem, de folha
de pena, de ave
de música azul
de desejo
de fuga
inverso
de chão.



2 comentários:

NETMITO disse...

Um não sei quê...que é muito!

Bjs*

3za disse...

Pois... São aqueles só aparentes nadas...