terça-feira, dezembro 31, 2013

outra vez (escrever)



festas celebrando o morrer e o enterrar de anos velhos
como se atrás ficassem apenas imagens em espelhos
e à nossa frente: mais caminhos mais estradas mais ruas
e todas as memórias fossem apenas as minhas e as tuas
dizemos com abraços e sorrisos e beijos adeus e olá
celebramos quem chega choramos quem já não está
e o melhor de tudo ? é sempre não saber sequer o que vai ser
reinventar outra vez caderno folha parede limpa onde escrever


ilustração:  Gabriel Pacheco

4 comentários:

Eduardo Martinho disse...

Que iluminado poema de Fim de Ano!
Uma certeza temos:
Vais continuar a escrever
para alimentar o nosso prazer!
Votos de inspirado Ano Novo,
com muitos beijinhos
P&M

3za disse...

Obrigada!!!
Que o Ano Novo traga muita saúde para não nos faltar a inspiração... :)
Beijinhos

ᄊム尺goん disse...

[bom que haja
polpa e doçuras
e flores no caminho.
bom ano]

abç

3za disse...

Sim...
(Obrigada)

Abraço