quinta-feira, julho 05, 2007

Asas e tudo

É um cavalinho
feito de papel
relincha a fingir
e nunca galopa
mora num desenho
guardado em gaveta
este meu corcel.

É um cavalinho
feito de madeira
não me leva longe
só finge que voa
promete viagens
promete-me o céu
e é só brincadeira.

Era um cavalinho
daqueles a sério
com asas e tudo
de osso e de carne
que eu queria
para ver se ia

de nuvem em nuvem
em busca da chave
em busca da porta

e depois fugia...


2 comentários:

Prof. Teresa disse...

ai vais vais... eu não tenho meninos muito pequenos mas... a poesia é para todos.... ai vais vais este vais à minha escolinha :-) deixa-me só falar a sério com as colegas do 1º e 2º ciclos. Beijocas

3za disse...

Com prazer.......... beijinhos grandes